17 maio, 2011

Abandono e Medo

Há alguns dias atrás, recebemos um e-mail de Andreia, moradora do Park Way, pedindo que fossemos resgatar 4 filhotes de cães: dois machos e duas fêmeas, que estavam em um terreno vazio, coberto de mato, onde tinham nascido, estavam começando a ficar muito arredios.

Todos nós que estamos envolvidos com o projeto de resgatar animais, sabemos que os abrigos estão lotados e que os protetores estão exauridos.

Nosso papel principal na proteção animal é conscientizar as pessoas de que elas podem sim, resgatar um animal e ajudá-lo a encontrar um lar, com nossa orientação e nossa colaboração.

Mas precisamos, acima de tudo, saber quando é a hora de entrarmos em ação, pois nem todos os casos são iguais.

Antes de indicar aos que nos procuram, que juntem amigos e vizinhos, que resgatem os animais com carinho e petiscos, que vacinem, vermifuguem, castrem e coloque-os para adoção, precisamos nos certificar de que esses animais não oferecem riscos aos que nos pedem ajuda.

Não podemos esquecer que faz parte do nosso objetivo proteger, tanto os animais, bem como as pessoas que estão em volta deles. Nem todas as pessoas sabem capturar animais, pode ser um risco a segurança da pessoa e esse risco pode acarretar um incidente que certamente fará que o animal seja prejudicado.

O resgate de um animal nunca é igual ao outro, e o básico é prezar pela segurança do animal e de quem está resgatando.
Acima de tudo, somos protetores da vida.
Angélica Bessa

Musica do Vídeo:
Faint
Linkin Park
From the album:  Meteora



Licença Creative Commons

7 comentários:

Anônimo disse...

Muito bom gostei, a musica ficou otima junto com a mensagem , é educando que se chega lá mas as vezes tambem é preciso agir, parabens.
Harpia

Cinthia Kriemler disse...

Angélica, já é tarde da noite e só agora vi o vídeo. Doeu. Doeu ver os olhos de quase raiva, de medo, de rejeição ao humano. Cães que se comportam quase como lobos. Lívia e Ossami, que dupla linda no resgate desses meninos assustados! Você, editando filmes e escolhendo música (arrepiei!) como ninguém! Helena, tão hábil e pronta quanto a mãe, mostrando-se capaz e alerta! O casal consciente, que pediu ajuda para os bichinhos assustados. Tanta coisa numa só, tanta ajuda numa só... Tenho muito orgulho em conhecer vocês todos! Beijos e beijos humanos, caninos e felinos!

Carol disse...

Parabéns ao Augusto Abrigo por mais esse resgate!
Através de vocês, esses lindos cães conhecerão o amor e o carinho e com certeza irão confiar novamente no ser humano.

Parabéns, Angélica, pelo vídeo. A música ficou excelente e muito educativa.
A Bela qdo ouviu a música não parava de olhar para o computador... acho que ela entende inglês...kkkkkk

Lambidas a todos vocês que admiro de todo coração.

Augusto Abrigo disse...

Harpia,

Obrigada pelo seu entendimento e elogio ao nosso propósito.
Quando tenho oportunidade de filmar nosso trabalho, é para poder mostrar forma de mostrar o que é o Augusto Abrigo e como trabalhamos.

Angélica Bessa

Augusto Abrigo disse...

Cinthia querida.

Nosso orgulho é também conhecer você e saber que você faz parte desta família.
Somos uma equipe e cada um tem seu papel no contexto. Você tem o seu e ele nos alegra muito.

O vídeo fui eu quem gravou e mesmo depois que volto para casa, fico ainda vivenciando os momentos. É muito bom. Quem bebe da água do Augusto Abrigo, não deixa de ir atrás da bica. Você sabe muito bem disso.
Adoramos você.

Augusto Abrigo disse...

Carol,

Sério que a Bela ficou olhando? Ah que fofa...
O objetivo é mesmo educar.

Os fofuxos ainda naõ querem saber de humanos, só mesmo da Eliane.

Seria um sonho se pudéssemos deixá-los onde estavam, mas acabariam atropelados, ou colocando em risco a segurança de pessoas.

Marinho disse...

Parabéns! Quatro lindos cães!
Que encontrem um lar, mas sei que já fazem parte dessa grande família que é o Augusto Abrigo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

GUSTÃO - O nosso amigão

/
Gustão está aqui para lhe ajudar a entender as necessidades de um cão. Ele pode sentar, deitar e rolar. Você pode manter Gustão entretido jogando bola ou dando-lhe um osso. Para fazê-lo sentar–se, dê um duplo clique com o mouse no chão perto dele. Um duplo clique novamente para fazê-lo deitar-se. Então segure o botão do mouse para baixo e ele vai rolar.